Características e Vantagens

ALTA RESISTÊNCIA


Devido a tecnologia do processo produtivo, as telhas possuem alta resistência a ruptura, tem facilidade de instalação e manutenção.


RESISTÊNCIA Á SALINIDADE


Como possui baixa absorção de água a telha esmaltada não absorve a maresia, evitando assim que a base e o esmalte sejam danificados.


CONFORTO TÉRMICO


Possui baixo índice de condutividade proporcionando excelente conforto térmico, com uma diferença de até 4 graus Celsius em comparação com as telhas convencionais e de concreto.


LIMPABILIDADE


Devido a superfície vitrificada e lisa, a telha esmaltada não encarde e é de fácil limpeza, mantendo o telhado sempre com ótima aparência.


BAIXA ABSORÇÃO DE ÁGUA/ALTA IMPERMEABILIDADE


Possuem baixa absorção de água, inferior e 6%. Isso é resultado da seleção, microgranulação e alta compactação das argilas no processo produtivo, da excelente qualidade dos esmaltes aplicados e queima em fornos com alta temperatura.


Devido a baixa absorção, não acumulam água e não há sobrecarga sobre a estrutura do telhado, o que significa economia nos custos da construção.

MENOR PESO POR M²


Com peso de 2,60 kg por peça ou 29,64 kg por m2 é mais leve que as telhas convencionais e de concreto. Isso facilita seu manuseio e troca de cobertura já existente pois não há necessidade de troca ou reforço na estrutura.


ENCAIXES PERFEITOS


Devido ao processo produtivo, as telhas apresentam encaixes perfeitos, sem variações de tamanho, facilitando assim a montagem e o alinhamento do telhado. É importante seguir as recomendações técnicas na montagem.


Informações Técnicas

INCLINAÇÃO DO TELHADO / FIXAÇÃO DAS TELHAS


O percentual mínimo de inclinação recomendado é 35%, para evitar retorno de água por ocasião das chuvas.


Para telhados com inclinação entre 39% e 42% ou em locais sujeitos a ventos fortes, furacão, terremotos, tempestades fortes, etc, mesmo com pouca inclinação, recomendamos fixar uma a cada 3 ou 4 telhas no madeiramento utilizando parafusos, grampos ou amarração no madeiramento.


Em casos de inclinação superior a 43%, a recomendação é fixar o maior número possível de peças e, em casos com muita inclinação fixar a totalidade das peças.


Para melhor resultado na perfuração das telhas, utilizar broca fina com ponta diamantada e manter o local sob água corrente no momento do evento. Furar a peça lentamente.


Para determinar o fator de inclinação do telhado deverá ser aplicada a seguinte fórmula:


INCLINAÇÃO


Fómula para se obter o fator de inclinação do telhado


Exemplo:


Altura (H) 2,10 m


Vão (A) 6,00 m


I (%) = 2,10 m x 100 = 35%


6,00 m


Estrutura e Montagem

RIPA


A ripa poderá ser de madeira com medidas de 5 cm de largura por 2,5 cm de altura ou metálica com altura mínima de 2 cm. É recomendado que se utilize a telha que está na obra para se ter as dimensões na montagem do telhado.


É recomendado que se utilize a telha que está na obra para se ter as dimensões na montagem do telhado.


GALGA


É a distância entre as faces superiores de duas ripas. Para as telhas Karina a galga mínima é de 38,9 cm.


A galga inicial deverá ter 31 cm da superior da segunda ripa até a face inferior da testeira e poderá ser com espessura de 1 cm mais alta que as demais para que todas as telhas tenham a mesma inclinação.


A= Galga inicial a ser considerada é de 31 cm


B= Galga mínima a ser considerada é de 38,9 cm


Para evitar corte desnecessário de peças, basta calcular a distância entre a segunda ripa e a ripa da cumeeira.


A galga justa poderá comprometer o encaixe das telhas. Ao fazer o ripamento, considerar uma folga entre 4 e 6mm. A recomendação, entretanto é sempre fazer o ripamento com a telha na obra.


Ver o gráfico onde a galga


A = 31cm


B, C, D, E, F, G = 38,9 cm + a folga sugerida para perfeito encaixe das peças


Impermeabilidade

Durante o período de chuvas e/ou em eco-sistemas permanentemente úmidos as telhas podem apresentar variações de tonalidade em razão da impermeabilidade, não devendo, entretanto, apresentar vazamentos. Isso ocorre pelo fenômeno da condensação, ou seja, porque se estabelece uma diferença de temperatura entre a parte interna e a parte externa da telha, cuja superfície é vitrificada e a face superior e inferior impermeabilizadas. Entretanto, como possuem baixa absorção as telhas não acumulam água e não há risco de sobrecarga na estrutura no telhado.


As telhas Karina estão dentro das normas ABNT NBR 15310:2005.


Acabamentos

contato@karinatelhas.com.br

Endereço

+55 (14) 3644-9100

Curta nossa página!

Centro cêramico do Brasil BNDES

Aceitamos cartões: Cartões Master Card Cartões Visa

Karina Telhas Esmaltadas - Todos os direitos reservados

DESENVOLVIDO POR IMAGE PRESS - ESTÚDIO E GRÁFICA